Baixa perspectiva de crescimento faz empresários focarem no fluxo de caixa para manter contas em dia

ROIT BANK trouxe ao Brasil o Cash Flow Story, ferramenta que serve como uma bússola para que as empresas possam se preparar para agir e tomar decisões em um cenário de riscos e incertezas.

Em termos econômicos, a expectativa é que 2022 seja um ano marcado ainda por muitas dificuldades para o Brasil, afinal, desemprego mais inflação e renda baixa fazem com que a perspectiva seja de um crescimento na casa, apenas, de 0,5% do Produto Interno Bruto (PIB), de acordo com as projeções do último Boletim Focus divulgado pelo Banco Central. Então, diante das dificuldades no horizonte, é recomendável que o empreendedor brasileiro tome algumas decisões para garantir seu lugar no mercado. Uma delas – se não a principal – é fazer (e manter) um planejamento financeiro detalhado.

Neste sentido, o destaque vai para a avaliação do fluxo de caixa, considerada a mais eficaz forma de verificar se o negócio está crescendo, ou não, de forma sustentável, afinal, como as empresas lidam com uma grande fluência de operações econômicas diárias, as quais envolvem compras, vendas, pagamentos, recebimentos e crédito, se os recursos não estiverem sendo suficientes para cobrir as despesas, é hora de repensar as estratégias no que diz respeito à entrada e saída de dinheiro.

Parece simples, mas a tarefa de analisar o que dinheiro entra e o que sai nunca foi fácil, pelo contrário, prova disso é o alto número de pessoas físicas e jurídicas que estão sem condições de honrar seus compromissos. Nas empresas, são vários os motivos que podem levar a um desequilíbrio financeiro, como explica o CEO do ROIT BANK, Lucas Ribeiro: “São operações não lucrativas; retrabalho; despesas elevadas com a administração; diminuição repentina de vendas ou prestação de serviços, endividamento; descontos ou créditos indevidos; inadimplência; crise; desconhecimento de custos… Sabendo disso, para sanar o problema, que tem origem na análise do fluxo de caixa, é que lançamos no Brasil a ferramenta Cash Flow Story [História do Fluxo de Caixa]”.

Na prática, a solução produz uma verificação automatizada da saúde financeira do negócio, com o auxílio de gráficos e tabelas, garantindo que todos olhem os números em um formato padronizado. “A ferramenta funciona com uma dupla função: a primeira é que ela é um contador de histórias financeiras. Em segundo lugar, atua como um conselheiro de crescimento, ajudando o usuário a desenvolver estratégias para melhorar seu negócio em todos os aspectos”, conta Ribeiro.

Para atuar nas duas frentes, a Cash Flow Story contém um simulador chamado “The Power Of One”, com sete alavancas para o sucesso financeiro de empresas de todos os portes e segmentos, sendo elas: aumento do preço; ampliação de volume de vendas; redução de custos; eliminação de despesas; redução do número de dias a receber, aumento dos dias do contas a pagar; e minimização do tempo da mercadoria em estoque. “Com esses indicadores, é possível prever o impacto no fluxo de caixa e no lucro líquido, aumentando ou diminuindo os indicadores em pelo menos 1 dia, ou 1%, de cada margem. Desta forma, os tomadores de decisão sabem exatamente (ou muito próximo da realidade) o que deve ser modificado para atingir as metas esperadas”, informa o CEO do ROIT BANK.

A solução, já utilizada em 93 países, ainda conta com outros seis direcionamentos para os empresários: Return On Investment (Retorno sobre o Investimento – ROI), Return On Invested Capital (Retorno sobre o Capital Investido – ROIC), Funding (Financiamento) e Valuation (Avaliação de Empresas), sendo que cada indicador mostra o cenário atual, números relacionados e principais tendências. “Em Valuation, inclusive, há como saber o valor atual do próprio negócio e, de uma forma simples, conhecer e parametrizar todas as ações que podem ser tomadas para atingir o valor desejado de venda da empresa a partir das informações do preço desejado para a negociação.”

No parecer de Cristina Bueno, sócia da Ideias Turismo, de Brasília, a ferramenta Cash Flow Story oferece um alto nível de detalhe para as estratégias financeiras, de acordo com o perfil do negócio, permitindo aos tomadores de decisão estabelecer uma linha de raciocínio rápida para a otimização do fluxo de caixa. Mario Augusto, da Agro Shop, de Minas Gerais, compartilha da mesma opinião de Bueno e ressalta que o principal benefício do produto é levar ao empresário uma análise aprofundada sobre o comportamento da empresa, acerca do que ela tem de mais importante: o dinheiro, “agilizando, assim, a tomada de decisões no momento certo, contribuindo sobremaneira para a saúde financeira do negócio”.

Por fim, Thais Lamberti, diretora da SPRO Solutions, do Paraná, declara que, com a análise dos números da empresa, por meio do software Cash Flow Story, foi possível enxergar de forma rápida e eficiente quais eram os pontos mais sensíveis da empresa, que estavam pressionando a geração do fluxo de caixa.

Saiba mais em: https://mundo.roit.ai/cash-flow-story-brasil

Redação

Read Previous

As principais tendências tecnológicas que as empresas devem ficar de olho em 2022

Read Next

Estou doente, por que o INSS negou o benefício?