Brasileiro ganha nova opção de investimento com correção pré-fixada do crédito de 14,5% ao ano

Dentro de cada grupo do novo produto MCA é possível reunir até 96 investidores; o aporte mínimo, na primeira assembleia, é de R$ 25 mil

A BR Consórcios (www.brconsorcios.com.br), que reúne as marcas União, Araucária, Santa Emília, Lyscar, Mapfre e Rede Lojacorr, oferece a MCA (Modalidade de Contemplação Acelerada), de olho no investidor que busca opções mais rentáveis do que a poupança e outras aplicações em renda fixa. A nova opção oferece correção pré-fixada do crédito de 14,5% ao ano, superior ao CDI por exemplo, e com a segurança de um investimento com lastro de garantias reais.

A MCA tem ainda como principais vantagens a possibilidade de diversificação da carteira de investimentos, mais liquidez do que em operações financeiras com prazos equivalentes e a possibilidade de comercialização no mercado secundário. A modalidade, desde o princípio, tem como objetivo remunerar melhor os potenciais investidores, trazendo-os para dentro de uma operação de consórcio.

Segundo Rodolfo Montosa, presidente da BR Consórcios, o novo produto busca acompanhar o mercado financeiro, analisando as variações, principalmente da taxa Selic, hoje em 9,25%, e os seus reflexos no mercado de financiamentos e investimentos. “Nosso objetivo é permanecer competitivo e ao mesmo tempo buscar o melhor retorno para nossos investidores, e um custo menor aos compradores, quando comparado às opções de financiamento”, diz.

MCA para investidores a partir de R$ 25 mil

Com o soft opening em dezembro de 2019, os primeiros grupos da MCA foram formados nos consórcios de automóveis e de imóveis, com rentabilidade de 6,80% ao ano, um índice muito acima da poupança, que na época era de 4,35% ao ano, e bem acima da Selic, que estava em 2% ao ano. A aquisição de cotas de consórcio ocorre sempre em duas modalidades distintas: investidores e compradores. Eles estão no mesmo grupo de consórcio, sendo 96 participantes como investidores e 108 como compradores.

Para os investidores, o crédito mínimo é de R$ 25 mil ou múltiplos desse valor, aportados até a primeira assembleia. Já os compradores adquirem cotas para créditos de R$ 25 mil, a serem utilizadas na categoria de bens móveis, com parcela e prazo de 36 meses.

Nos primeiros quatro meses, todos os 108 compradores do grupo serão contemplados por sorteio e sem lance.  “Os 96 investidores começam a participar das contemplações a partir da 5ª assembleia até a 36ª. Quando contemplado, o investidor tem acesso ao recurso principal, acrescido da correção do crédito até esse período. São contemplados três investidores por mês nesse formato. Uma vez contemplado, o investidor tem a opção de utilizar o crédito ou reinvestir seu recurso em um novo grupo”, diz Montosa.

Acelerando as contemplações 

De acordo com Montosa, com os recursos aportados nos grupos, acelera-se as contemplações dos consorciados que desejam adquirir um bem. “A MCA é um produto totalmente inovador, uma vez que garantimos a contemplação do ‘comprador’ em até quatro meses, sem a necessidade de lance, a um custo inferior às modalidades de financiamento”, explica.

A MCA identifica os brasileiros que têm pressa para adquirir o bem (comprador) daqueles que estão poupando para uma compra futura (investidor), beneficiando todos os envolvidos. “Resumindo, com a MCA o investidor coloca o dinheiro antecipadamente, sem pagar qualquer taxa por isso, e recebe a valorização do crédito. Do outro lado, o comprador paga bem menos do que os financiamentos tradicionais e retira o bem em no máximo 4 meses”, reforça.

Até antes da pandemia, segundo a Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima), 44% dos brasileiros tinham algum saldo de investimento, 85% deles com recursos na poupança, à frente dos fundos de investimento (6%), títulos privados (5%), previdência privada (5%), títulos públicos (4%) e ações (3%).

SOBRE A BR CONSÓRCIOS 

(www.brconsorcios.com.br)

A empresa iniciou suas operações em 2012 com o objetivo de unir e fortalecer operadoras de consórcios nacionais que desejam expandir sua atuação. Seu modelo de negócio agrega administradoras diversas dentro de uma mesma plataforma, sendo pioneiro no Brasil. Tem sua sede administrativa em Londrina (PR) e conta com cerca de 320 funcionários diretos. As empresas associadas à BR Consórcios são: Consórcio União, Consórcio Araucária, Consórcio Santa Emília, Consórcio Lyscar, Mapfre Consórcios e Rede Lojacorr Consórcios. As empresas têm juntas, uma carteira de mais de 70 mil clientes ativos.

A BR Consórcios projeta a ampliação dos seus canais de distribuição com a adesão de novos associados e parcerias. Para alcançar essa meta, além de manter suas equipes próprias de vendas continuará firmando novas parcerias para vendas de cotas de consórcios com empresas dos mais diversos setores, entre elas revendedores de automóveis, concessionários de motocicletas, corretoras de seguros, imobiliárias e empresas especializadas na venda de consórcios.

Redação

Read Previous

Que tal tirar uns minutos para ler “O HOMEM SEM RELÓGIO”?

Read Next

As semelhanças entre a síndrome de burnout e distúrbios do sono

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.