Confira 13 motivos para investir em concursos públicos em 2022

O ano será de retomada dos concursos públicos, com mais de 43 mil vagas previstas no Orçamento de 2022, sancionado nesta semana.

O ano de 2022 deve movimentar o mercado de concursos públicos no Brasil, com previsão de abertura de mais de 43 mil vagas, segundo Orçamento da União sancionado nesta semana pelo Presidente da República. Para o professor Rodrigo Bezerra,  gerente pedagógico do grupo CERS, especializado em preparação para concursos, apesar do número de vagas previstas estar abaixo do que havia sido aprovada pelo Congresso Nacional na Lei Orçamentária Anual (LOA), o ano terá muitas oportunidades para quem sonha em passar em um concurso público.

“Nos últimos anos os concursos da União foram suspensos e isso evidenciou a necessidade de reposição imediata de pessoal em diversos órgãos da administração pública que hoje trabalham no limite de pessoal. Aliado a isso, no início deste ano, o presidente vetou um projeto de lei que prorrogava a validade dos concursos já em andamento para janeiro de 2023, o que aumenta a demanda por novos processos seletivos”, explica.

Rodrigo Bezerra destaca que além da estabilidade de emprego, essas vagas costumam ter benefícios sociais e uma boa remuneração em relação à média do mercado. Confira abaixo 13 motivos para tentar uma vaga em um concurso público neste ano:

1. Grande quantidade de vagas

Com a sanção do Orçamento, mais de 43 mil vagas devem ser abertas em 2022 somente em instituições ligadas ao governo federal. Estados e municípios também devem abrir novas vagas;

2. Muitos concursos nacionais à vista

Neste ano há previsão, em nível nacional, de concursos para o Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) e para a Receita Federal, que abrem portas para  estudantes no Brasil inteiro, com vagas na maioria dos estados;

3. Concursos com excelente remuneração

A exemplo da Receita Federal, os concursos trarão editais para cargos que pagam salários bem acima da média do mercado;

4. Vários concursos “de base”

Para quem deseja começar de baixo, há concursos com muitas vagas, como, por exemplo, o concurso para o Censo 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com mais de 200 mil vagas temporárias;

5. Concurso não exige experiência prévia

Ao contrário da iniciativa privada, assumir um cargo público nem sempre exige experiência prévia;

6. Muitos benefícios para os cargos

Além de boa remuneração, há editais para concursos que oferecem muitos benefícios que vão além dos direitos trabalhistas da iniciativa privada, como licenças especiais, por exemplo;

7. Estabilidade do cargo

Ao contrário da iniciativa privada, o servidor público tem estabilidade de emprego, só podendo ser demitido em casos de processo administrativo ou sentença judicial;

8. Possibilidade de progresso na carreira

Existem vários órgãos públicos que trazem plano de desenvolvimento do servidor que pode aumentar bastante a remuneração ao longo do tempo;

9. Horário de trabalho estabelecido

O cargo público em geral apresenta horário de trabalho bem estabelecido, o que diminui o estresse provocado pela necessidade de horas extras que são comuns no trabalho da iniciativa privada;

10. Qualidade de vida

Boa parte dos aprovados em concursos relatam que mudaram (para melhor) a qualidade de vida depois que assumiram seus cargos públicos;

11. Horário de estudo flexível

Para quem está se preparando para um concurso, é possível adequar seu próprio horário de estudos de acordo com suas conveniências pessoais;

12. Possibilidade de preparação à distância

Hoje, com os cursos on-line, é possível que a preparação para um concurso seja feita, por exemplo, no conforto da própria casa, com uso de um celular;

13. Possibilidade de ascensão nos concursos

Quem se prepara para um concurso sempre está mais perto de passar para outros processos mais difíceis. Logo, quem estuda para técnico judiciário não está distante do cargo de analista judiciário. Quem se prepara para magistratura não está distante do concurso para o Ministério Público ou para o cargo de Delegado de Polícia.

Segundo Rodrigo Bezerra, diante de tantas oportunidades, a dica é o candidato estar atento às regras dos editais e aos temas que mais são cobrados em processos seletivos similares ao que vai prestar. “Consultar os editais e as provas dos últimos concursos é o ponto inicial para quem está se preparando para um concurso público, mas é preciso disciplina e dedicação nos estudos, já que esses concursos costumam ser muito concorridos”, destaca.

Sobre o Grupo CERS  

O Grupo CERS é especialista no aperfeiçoamento e no direcionamento de carreiras por meio de ensino online. Os cinco braços do Grupo CERS são: CERS Cursos Online, Faculdade CERS, Aprenda, Ad Verum Suporte Educacional e Videofront. Juntas, as empresas do Grupo oferecem cursos para o Exame da OAB, concursos públicos, pós-graduação e mestrado, soluções comerciais e audiovisuais, além de uma plataforma de marketplace para produtores de conteúdo. No DNA do CERS, está a educação com qualidade, unida à tecnologia, interatividade e muita inovação. Fundado e presidido por Renato Saraiva desde 2009, completam o comando do grupo educacional Guilherme Saraiva (VP Executivo), Francisco Penante (VP Comercial) e Bruno Viana (VP Pedagógico). 

Redação

Read Previous

Tendências para o treinamento virtual em 2022

Read Next

Gerir de forma eficiente a base de dados da empresa será um dos maiores diferenciais de mercado em 2022

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.