Conheça as quatro estratégias de marketing digital fundamentais para o setor de intercâmbios

O marketing digital já se tornou parte estratégica de diversas empresas dos mais diferentes portes e segmentos. Quando utilizado de forma correta, por meio de investimentos em tráfego pago e criação de conteúdos humanizados, contribui fortemente para alavancar o alcance da marca e potencializar as possibilidades de novos clientes.

*Por Danilo Veloso

 

Cerca de 87% dos brasileiros possuem acesso à internet, especialmente por seus aparelhos telefônicos, segundo dados da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico. Nesta tendência, grandes players no mercado já estão conseguindo atrair cada vez mais candidatos utilizando estratégias de geração de conteúdo massivo, explicativo e didático. Para fazer parte deste crescimento, confira as quatro estratégias de marketing digital que não podem ficar de fora do seu planejamento:

 

1. Funil de vendas

Ter um funil de vendas bem estruturado é a base para qualquer estratégia de marketing digital, uma vez que este modelo irá proporcionar uma visão mais clara sobre toda a jornada do cliente em seu negócio – desde seu primeiro contato com a marca até a concretização da venda. Ele permitirá um melhor entendimento sobre o perfil de todos que estão buscando seus serviços, suas necessidades e, se estão de fato interessados e propensos a fechar um pacote de intercâmbio. Com essas informações, será possível organizar um plano de vendas mais assertivo.

 

2. Conteúdos pagos e orgânicos

a grande maioria dos interessados em fazer um intercâmbio costumam pesquisar o máximo de informações sobre o destino antes da sua viagem. Por isso, as agências devem sempre se preocupar em produzir conteúdos relevantes sobre os países em seu site e em, principalmente, otimizá-los pela divulgação orgânica e paga, simultaneamente. Certamente, diversos candidatos chegarão até seu domínio por meio desses materiais, criando uma autoridade para a marca e, consequentemente, o aumento de leads de possíveis futuros intercambistas.

 

3. Lives e webinars

de forma complementar à produção de textos informativos e de curiosidades sobre os destinos, as lives e webinars vêm se tornando recursos cada vez mais organizados na divulgação de todas as novidades de intercâmbio. Normalmente, um porta-voz ou especialista do negócio realiza uma palestra para tirar as principais dúvidas sobre algum processo que ainda não está claro ou que ainda será lançado. Ambos proporcionam uma interação rica com os candidatos por meio de perguntas e respostas, criando uma maior aproximação entre as partes.

4. Redes sociais

grande parte do público-alvo do setor de intercâmbios está concentrado nas redes sociais – o que as tornam parte imprescindível de toda estratégia de marketing digital. Todas essas plataformas criam um canal de comunicação próximo e interativo, podendo ser utilizadas para divulgação dos conteúdos criados, streaming das lives, compartilhamento das grandes novidades, assim como todas as informações essenciais sobre os destinos e os pacotes oferecidos.

 

Mesmo diante da imensa globalização do mercado, muitos jovens ainda enfrentam diversos empecilhos ao fechar pacotes de viagens – desde em encontrar todas as informações sobre as oportunidades ofertadas pelas instituições de ensino, até o custo de vida na região e sua cultura local. Felizmente, o marketing digital veio para driblar essas barreiras.

 

Cada uma dessas estratégias, quando bem alinhadas e, principalmente, metrificadas a todo momento, podem contribuir significativamente para uma maior conversão de leads para a sua agência. Tudo deve ser testado e acompanhado a todo momento, a fim de analisar as ações que estão dando resultado e as que não devem ser insistidas. A criatividade aliada ao planejamento são as chaves para o marketing digital, e farão toda a diferença para a prosperidade do seu negócio.

 

Danilo Veloso é diretor comercial da SEDA College. Formado em administração de empresas, trabalhou por seis anos como camelô até conquistar uma vaga na área de cartão de crédito e conciliação bancária em uma companhia aérea. Após três anos no cargo, deixou a posição para estudar inglês na Irlanda, onde começou a trabalhar em agências de intercâmbio.

 

Sobre a Escola do Intercâmbio

Startup do Grupo Educacional SEDA, é a maior formadora de consultores de intercâmbio do mundo. Sua proposta é eliminar a intermediação feita pelas agências, proporcionando a formação do consultor e um relacionamento direto entre o estudante e o vendedor.

Redação

Read Previous

Início de ano é hora de rever propostas não fechadas

Read Next

Livro “Você é o Caminho” ajuda a superar a Síndrome de Burnout

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.