Metaverso também gera oportunidade de crescimento para agencias de marketing

Nova tecnologia promete ser um universo virtual que une diversas tecnologias

O assunto “Metaverso” tem sido um dos mais comentados nos últimos tempos, principalmente após o anúncio de Mark Zuckerberg da mudança do nome da empresa de Facebook para “Meta”, em um indicador de outras novidades que estão por vir, especialmente em relação a novas tecnologias a serem introduzidas nas plataformas.

Por ainda não existir, não há como descrever, especificamente, o que é o Metaverso. No entanto, de acordo com Saulo Camelo, CEO da Camelo Digital, agência de marketing que está há mais de dez anos no mercado, é possível dar uma ideia de seu conceito. “Essa nova tecnologia promete ser um universo virtual que une diversas tecnologias para funcionar. Além disso, será possível mesclar streaming ao vivo com redes sociais e criptomoedas”, destaca.

O conceito foi impulsionado pelo Facebook, visto que Mark Zuckerberg está por trás desse plano tecnológico. “No entanto, muitas empresas também se interessaram e estão investindo muito dinheiro no desenvolvimento de metaversos. Isso porque a inovação e as oportunidades que surgirão ao longo dos anos são incontáveis”, pontua Saulo.

Por meio do universo virtual, as pessoas poderão se reunir em locais que não são físicos, seja para trabalhar ou para gerar novas experiências. Tudo será em 3D, possibilitando uma maior integração com o ambiente. Dessa maneira, a interação não precisará ser feita em locais físicos. “O conceito de unir o ambiente on-line ao físico, comentado já há alguns anos, ganha muito mais força com a chegada do metaverso”, revela Saulo.

As novas tendências de trabalho remoto e consumo irão dinamizar as compras on-line e as relações humanas, oferecendo uma possibilidade de crescer cada vez mais nas redes. Tudo será feito de forma conjunta: trabalho, assistir a filmes, acessar plataformas de streaming e compartilhar conteúdos da web.

Quais são as aplicações do Metaverso?

De acordo com Saulo Camelo, levando em consideração esses ideais propostos pelo Metaverso, “é quase possível dizer que ele não passa de uma versão mais arrojada da realidade virtual. No entanto, muitos especialistas estão apostando nesse novo conceito para se tornar o futuro da internet, com propostas surpreendentes”.

O mundo virtual tem sido uma das maiores apostas do ramo da tecnologia. Não apenas o Facebook está envolvido nesse universo de possibilidades, assim como já foi dito. A Epic Games, por exemplo, que desenvolveu o Fortnite, recebeu aporte de US$ 1 bilhão no mês de abril de 2021 para o desenvolvimento de jogos em realidade virtual.

As aplicações do Metaverso são praticamente infinitas porque elas podem promover a interação entre os seres humanos sem a necessidade de compartilhar um espaço físico. Dessa forma, os escritórios virtuais, as visitas 3D, as exposições e as feiras serão cada vez mais populares.

O próprio Fortnite já promoveu alguns shows ao vivo, dentro de sua plataforma, com a cantora Ariana Grande, reunindo milhões de pessoas conectadas ao mesmo tempo. Ainda que o Metaverso esteja engatinhando, já é possível ter previsões muito positivas para o futuro.

Novas tendências de trabalho remoto e consumo

O Metaverso será uma grande jogada para qualquer empresa de marketing. A nova tecnologia deve aumentar ainda mais o número de pessoas em trabalho remoto após a pandemia. Além disso, outra tendência muito cotada é a do aumento de pagamentos por meio da internet, utilizando apenas moedas virtuais.

Rafael Beraldi, CMO da Camelo Digital, explica que as agências de marketing possibilitam transformar a relação do mercado com seu respectivo público. “Iremos levar a experiência do usuário final a um próximo nível e consequentemente crescer neste nicho”, afirma. “Ao unir tecnologia com a possibilidade do trabalho remoto, as palavras ‘inovação’ e ‘rentabilidade’ não poderiam estar mais unidas”, completa.

Sobre Rafael Beraldi

Saulo Camelo, é publicitário, formado pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e empresário há mais de 10 anos no ramo de comunicação, marketing e publicidade. Com background na área de branding e design, Saulo fundou, em 2011, a Camelo Digital, agência de marketing e publicidade com mais de 500 clientes atendidos em mais 12 países. Responsável por liderar projetos de planejamento estratégico, marketing, performance, comunicação e tecnologia, Saulo é o CEO e presidente das operações da Camelo Digital, gerenciando times responsáveis por atender grandes marcas como Nestlé, Garoto, Petrobras, Coqueiro, Shopping Center  entre outros.

Rafael Beraldi é administrador, formado pelo Universidade Presbiteriana Mackenzie, especializado em Economia da Inovação pela Universidade de Coimbra em Portugal. Atua com Marketing e Negócios há mais de 13 anos, passando por empresas como Cambridge University Press, IBM e empreendimentos próprios na área de gastronomia, varejo e gráfica.  Atualmente é CMO da Camelo Digital, responsável pelo planejamento estratégico e pelas ações de marketing da agência, liderando temas de transformação digital, metodologias ágeis e inovação.

Redação

Read Previous

Habilidades essenciais para se tornar um profissional do futuro

Read Next

A importância das mulheres no mundo do empreendedorismo